terça-feira, 21 de março de 2017

CD Carnaval de Porto Alegre 2017 - Grupo Especial

Bambas 2017

Intérpretes: Anderson Luiz, Everton Rataescki, Douglas Ananias Compositores: Gabriel Trindade, Vinicius Souza, Allison Santiago, Marcelo Trindade e Douglas Ananias. Minha águia vai te emocionar Sou bambas, ninguém vai derrubar! Preste atenção, vem ver "Num piscar de olhos tudo pode acontecer!" Na órbita perfeita do olhar a águia vai te guiar Vem viver essa magia, pois num segundo tudo vai mudar No show da vida tudo passa tão rapidamente É só fechar os olhos pra guardar na sua memória É como um filme a contar a nossa história São muitas glorias pra comemorar Vinte estrelas no meu peito sempre a brilhar A tradição de uma nação seus olhos vão registrar E se eternizar Na beleza do olhar a maquiagem Numa piscada a malícia está no ar Em sintonia, é hora de arriscar, Nessa jogada nós vamos ganhar Um instante na escuridão, fico a delirar, Não vejo que o tempo passou "Vire esses olhos pra lá!" Deixe o flerte rolar, involuntariamente é sorte ou azar A inspiração resplandeceu, um clic surgiu, Da invenção a tecnologia Marca de artistas e celebridades De um sonho que se fez realidade Azul e branco, tu és paixão, Minha razão maior Não pisque os olhos! Pra vencer, basta você querer

Bambas da Orgia 2017 - Samba Oficial

Imperadores do Samba 2017

Compositores: Maumau de Castro, William Farias, Leandro Almeida, Gustavinho Oliveira, Diego Nicolau, Rico Bernardes e Arilson Trindade Intérprete: Viny Machado Eu sou a resistência, revolução Na escola do povo caliente paixão Um mar vermelho e branco de esplendor Arriba! Eu te amo Imperador Sublime e valente, mestiça semente Meu sangue latino tem tradição Do solo sagrado um El Dourado em fascinação Negra Mãe protegeu o meu destino A dor no espelho refletida Retrato das marcas da vida Minha história iluminada raiz Dos temores da opressão Despontam heróis do meu país Caudilhos, sombrero e lenço vermelho A redenção de bravos guerreiros Floresceram amores, e eu amei Na arte e na rua, revolucionei Retratei o clamor de liberdade No ideal comunista de igualdade Soberana dos meus traços Fonte da própria inspiração Vesti com coragem a beleza Revelei sentimentos, inspirei movimentos Pintei nas asas da imaginação O México em cores e flores Na brasilidade dos tambores A poesia em sinfonia com a emoção Vem ver a diva entre Imperadores Nos braços do povo a desfilar Muito prazer! Sou Frida Kahlo, não vou calar

Imperadores do Samba 2017 - Samba Oficial

Embaixadores do Ritmo 2017

Samba Oficial dos Embaixadores do Ritmo 2017 Download do samba: http://migre.me/vIMjJ Intérprete: Igor Vianna Axé! Acendi o candeeiro Firmei ponto no terreiro Me benzi no ritual Axé! Hilária Batista de Almeida Eu provei sua receita E brinquei no seu quintal Mamãe, parti pra rua, me proteja! Que pelo telefone vou dizer Cresci, ganhei o mundo, se envaideça Teu "fio" tá cantando pra "suncê" *Ai, ai, ai...* *Tô gravado para sempre, ô iáiá!* *E pelo rádio minha voz vai ecoar* *Ai, ai, ai...* *Lá no morro sou mais eu!* *Riscando o chão de pé descalço, fé em Deus* Desci a ladeira, levantei poeira! Calcei meu verniz, cheguei na gafieira Bem alinhado, na estica, dei o tom No improviso fiz um solo de pistom Cantei meu breque, malandreado Formei a roda, sou sincopado O povo vibra quando firmo o refrão! Na palma da mão, na palma da mão... O povo vibra quando firmo o refrão! Na palma da mão, na palma da mão, na palma da mão! E lá vou eu, feliz da vida! Pelos salões e avenidas *Fantasiando o povo pra brincar* *Quem não gostou, Deixa Falar!* *Eu sou o sangue correndo nas veias do povo* *Se agonizo, levanto e volto de novo* *Embaixador do meu país, identidade* *Eu sou o samba, brasileiro de verdade*

Embaixadores do Ritmo 2017 - Samba Oficial

Samba Imperio Da Zona Norte 2017

Estado Maior da Restinga 2017 - Samba Oficial

Estado Maior da Restinga

Compositor: ANDRÉ DINIZ & EVANDRO BOCÃO TEU POVO TE AMA !!! E VAI TE CONDUZIR DE VOLTA A TEU LUGAR DERRAMA OURO AGUARDENTE CHAMA TUA GENTE PRA EXTRAVASAR EU QUERO UMA DOSE PRA FICAR LEGAL SEPARO A DO SANTO, É MEU RITUAL CANINHA, MARVADA, DANADA, BRANQUINHA HISTÓRIA PURINHA SE FEZ CARNAVAL VERDE NA RIQUEZA QUE DESEMBARCOU FOI ADOÇANDO ESSE CHÃO E O PORTUGUÊS DESTILOU COMO O ÁRABE ENSINOU PINGOU NA RAÇA E NO CALOR DO NEGRO EM TODO ENGENHO TINHA ESSE SABOR SE O QUE CONTAM É VERDADE OU LENDA FOI NA FORÇA DA MOENDA QUE ELA SE ESPALHOU MAS A COLONIA PERDEU A DOÇURA O BANDEIRANTE FEZ BRILHAR A TERRA COMPANHEIRA CONTRA O FRIO FOI O FOGO DE ANHANGUERA TAXADA E PERSEGUIDA, MEU BRASIL LHE PROTEGEU TANTAS VEZES REPRIMIDA E PROIBIDA EM NOME DE DEUS LAROIÊ, GIROU NA FÉ NOS TERREIROS DE UMBANDA E DE CANDOMBLÉ E É CAIPIRINHA MISTURADA NO LIMÃO UM PRODUTO EXPORTAÇÃO “PARA TI” ORGULHAR NO BAR, NA PRAIA OU SÃO JOÃO SE DIRIGIR NÃO BEBA CACHAÇA NÃO É AGUA NÃO CHEGOU O ESTADO MAIOR , “SEI LÁ”... TINGUERREIRO É RUIM DE ENVERGAR VEM BRINDAR A VIDA VEM PROVAR DA PINGA VEM CANTAR COM A RESTINGA

Acadêmicos de Gravataí

Intérpretes: Anderson Luiz, Everton Rataescki e Dodô Ananias Alô, alô! O rei da alegria chegou! Sou gravataí, nossa festa já começou Vai ter, vem ver tropicalia e confunsão Na nossa aldeia Chacrinha é inspiração Em minhas recordações, os pés descalços, desbravando o meu sertão Da vaquejada a são joão, No cangaço a fanfarra, cordeleiro cirandei Nordestiando lindas paixões A medicinia experimentei Me formei doutor da alegria Nas ondas do rádio a felicidade em meu povo encontrei E na chacrinha eis a questão: Até quem era Maria, virava João Preste atenção na cabeleira do zezé Será que ele é? Será que ele é? No circo da televisão, Trouxe alegria, ao meu país Com Mazzaropi, o caipira genial, Na hora gol quem vai quer bacalhau? Quem não se comunica, se trumbica E hoje no samba virei poesia Pra nos livrar dessa repressão A minha carta escolhi, o jogo eu banquei Roda, e avisa que a onça negra chegou Oh Terezinha, anunciai Vosso Rei O mestre da comunicação Velho guerreiro Serás eterno no meu coração

Acadêmicos de Gravataí 2017 - Samba Oficial

Imperatriz Dona Leopoldina 2017 - Samba Oficial

Samba de enredo Imperatriz Dona Leopoldina

Autores: Arilson Trindade, Juliano Centeno, Leandro da Águia, Rico Bernardes, Claudinho, J. Lopes, Mamau Castro, William Farias e Leandro Almeida Intérprete: Igor Sorriso SINGRANDO OS MARES NO BALANÇO DOS TUMBEIROS O NEGRO EM SEU DESTINO AQUI CHEGOU NO BATISMO DO TAMBOR A LUTA PELA LIBERDADE MÃE ÁFRICA, JÁ TÃO DISTANTE UM HORIZONTE DE SAUDADE DO SACRAMENTO ÀS LÁGRIMAS DE SAL FLORESCE NESSE SOLO A CORAGEM TEM NO QUILOMBO O CLAMOR DE IGUALDADE FORTE, AGUERRIDO E BRAVO! TENHO ORGULHO, VIRTUDE E RAÍZ ALMA VALENTE! NEGRO GAÚCHO! UM VENCEDOR, EU SOU IMPERATRIZ LANCEIROS, HERÓIS DA DIGNIDADE HONRA...NA REVOLUÇÃO, A LEALDADE SABEDORIA NO LEGADO CULTURAL TEMPERO DA GINGA, A CRENÇA ANCESTRAL FOLCLORE TEM MAGIA LINGUAGEM SINGULAR EM PRIMAZIA NA ARTE REAFIRMA O VALOR VESTE COLORIDO ENFEITA A VIDA NAS FESTAS, FAZ ECOAR UM CANTO EM DEVOÇÃO BRILHA NA COR DA NOITE, ME FASCINA LUZ DE IFÉ, É TEU LARANJA AMADA LEOPOLDINA! GIRA COROA, QUERO VER GIRAR IMPERATRIZ A NEGRITUDE A EXALTAR FIRMA O BATUQUE DE NOVO SOU LEOPOLDINA A ALEGRIA DO POVO Categoria Música Licença Licença padrão do YouTube MOSTRAR MENOS COMENTÁRIO • 1

Seguidores

Pensamento

POIS NUNCA PERDE A LIBERDADE
QUEM LUTA E FAZ DO SONHO SUA VERDADE

1) Filhos da Candinha, ano.1993

Um Anjo Negro de Asas Brancas Chamado Liberdade