quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Abertura do Mês da Consciência Negra em Alvorada com o grupo Dançando Africanidades de Cachoeirinha.


Alvorada inicia semana de atividades comemorativas ao Dia da Consciência Negra.
Na última quarta feira, 09, iniciaram-se as atividades alusivas ao Dia da Consciência Negra. De 09 a 26 de novembro, diversas atividades, como mostras e atrações culturais, estão sendo realizadas em diferentes locais da cidade, como o ginásio municipal Tancredo Neves e a Sede Social União Esperança. Os eventos estão sendo organizados pelo Espaço da Diversidade da Secretaria de Educação (SMED) e demais parceiros.
A abertura de toda a programação aconteceu na Câmara de Vereadores do município, na noite de quarta-feira. Estiveram presentes, compondo a mesa de autoridades, o prefeito municipal João Carlos Brum, a secretária de Educação, Maria de Lourdes Santos da Silva, como representante do Presidente da Câmara de Alvorada o vereador Edson Borba e a diretora Geral do Espaço da Diversidade da SMED, Liliane Marisa Rodrigues Machado.
Também prestigiou a solenidade a Senhora Neiva Santos, filha de Carlos Santos, juntamente com sua neta Adriane Santos, além de vereadores, secretários municipais, professores, Diretores e setor pedagógico da SMED e outros convidados.
Em sua fala, o Prefeito Municipal João Carlos Brum e a Secretária Municipal de Educação Maria de Lourdes Santos da Silva relembraram a trajetória dos ícones negros, desde Zumbi dos Palmares, até Carlos Santos e Abdias do Nascimento destacando que a luta dos negros pela conquista de seus direitos é antiga e tem conseguido importantes avanços ao longo do tempo na sociedade brasileira.
Como início das atividades, o professor MS Arilson Santos Gomes proferiu uma palestra - Protagonistas da Diferença: Carlos Santos e Abdias do Nascimento importantes parlamentares negros.
As questões de raça começaram a ganhar visibilidade política no Rio Grande do Sul, em 1935, quando foi eleito o primeiro deputado negro da história do Parlamento gaúcho, Carlos Santos (1904-1989). Mas foi em 31 de janeiro de 1967, que Carlos Santos alçou o seu voo mais alto ao ser eleito como presidente do Legislativo gaúcho. Esse ano lhe reservou ainda a materialização do sonho de todo o político - governar seu Estado.
Abdias do Nascimento (1914-2011) foi um político e ativista social brasileiro. Foi um dos maiores defensores da defesa da cultura e igualdade para as populações afrodescendentes no Brasil, nome de grande importância para a reflexão e atividade sobre a questão do negro na sociedade brasileira.
Teve uma trajetória longa e produtiva, indo desde o movimento integralista, passando por atividade de poeta (com a Hermandad, grupo com o qual viajou de forma boêmia pela América do Sul), até ativista do Movimento Negro, ator (criou em 1944 o Teatro Experimental do Negro) e escultor.
Após a volta do exílio (1968-1978), insere-se na vida política (foi deputado federal de 1983 a 1987, e senador da República de 1997 a 1999 assumindo a vaga apos a morte de Darcy Ribeiro),
Em seguida houve um debate sobre o tema, com o público presente.
Na ocasião, foi lançado para comunicação do público presente, através do Senhor Prefeito Municipal com a assinatura dos Projetos de Lei nº 052 e 053/ 2011, de autoria do Ver. José Geraldo de Farias – (Zézo), que denomina a Avenida Marginal Sul no Loteamento Jardim Algarve de Avenida Abdias Nascimento e da Avenida Marginal Norte no Loteamento Jardim Algarve de Avenida Carlos Santos.
O Vereador Borba, ressaltou também a importância da iniciativa do Legislativo municipal, em valorizar através destes projetos estes importantes parlamentares, demonstrando mais um a vez a preocupação de nosso legislativo em formular políticas públicas, através de ações afirmativas como esta.
A noite de abertura da Semana da Consciência negra também contou com atividades culturais, como a apresentação do grupo Dançando Africanidades de Cachoeirinha, coordenado pela Prof.ª Nelma e também um Recital Poético Musical: “Batuque, Tuque, Tuque”- Vera Lopes, Sirmar Antunes, Onã Abiasé e Pâmela Amaro.
O Dia da Consciência Negra no Brasil é celebrado em 20 de novembro, e é dedicado à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1625.


Seguidores

Pensamento

POIS NUNCA PERDE A LIBERDADE
QUEM LUTA E FAZ DO SONHO SUA VERDADE

1) Filhos da Candinha, ano.1993

Um Anjo Negro de Asas Brancas Chamado Liberdade