segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Diário de campo 1

O horizonte da pesquisa como um horizonte a ser pesquisado Inicio esse meu diário de campo que já de inicio o campo é algo que venho delimitando ao longo desta trajetória do mestrado. A coleta de materiais empíricos tem sido uma tarefa tipo quebra cabeças e encaixe de peças. Neste percurso sou surpreendida por acontecimentos inesperados como falecimento do entrevistado, busca em sebos de encartes e buscas na internet onde fulano carnavalesco e amigo de beltrano carnavalesco que tem tal e tal material. E isto tudo somente é possivel porque existem memórias que nos acompanham. Sigo farejando...

Seguidores

Pensamento

POIS NUNCA PERDE A LIBERDADE
QUEM LUTA E FAZ DO SONHO SUA VERDADE

1) Filhos da Candinha, ano.1993

Um Anjo Negro de Asas Brancas Chamado Liberdade